Voltar

Empreendendo Parte II, por Guilherme Barreira

Esse post é uma contribuição de Guilherme Barreira para o Salada Corporativa. Guilherme foi executivo por mais de 20 anos na Shell , ATL, Intelig e Claro e hoje é empreendedor, sócio de duas empresas.

Os dias seguintes foram passados na regional RJ da empresa, com uns “meninos” tentando ensinar o business para o ex-diretor… Mostraram um “lucros e perdas” bacana e, na planilha de Excel o negócio parecia ótimo… Depois disso, procurei um contador que me orientou como fazer uma empresa,  os diversos tipos de regimes fiscais, contrato social, registro na junta etc. Aí me deparei com uma sinuca de bico: como abrir uma empresa se ainda não tinha a sede física dela?

Tinha que alugar uma sala . Saí procurando uma…

O processo todo custou uma nota preta e levou quase 3 semanas para ter a empresa registrada com CNPJ . Depois disso mais umas boas 2 semanas para ter um bloco de nota fical… Abrir conta em banco… UFA !!

Visitei alguns empreendedores que já estavam no negócio e pude sentir pela 1a. vez que o “buraco era mais embaixo”: dificuldade de recrutar pessoas boas, riscos físicos e financeiros, necessidade de pelo menos uma pessoa de confiança para administrar o negócio, comprar um bom sistema de acompanhamento do negócio, lidar com dinheiro vivo, inadimplência e, principalmente as falhas operacionais, no dia a dia, da própria empresa onde antes eu era executivo até bem pouco tempo atrás…

Enquanto isso, estava no Rio e meus filhos estavam felicíssimos por terem seu pai por perto. O Guga, na época com 9 anos, dava “estrelas” na varanda de casa de tão contente.

Comecei a procurar gente e recebo, por e-mail , de um “menino” da empresa a meta do 1º mês. Mas aí começa realmente a parte punk . Depois conto mais…

Guilherme Barreira

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print

1 Comentário

Eh Guilherme, to curioso para saber os “próximos capítulos”, afinal é um mundo bem diferente das grandes corporações….
Forte abraço.