Voltar

Menos perfeccionismo e mais ação

Menos perfeccionismo e mais ação

Perfeccionismo pode fazer mais mal que bem. Cuidado!

Todos somos adeptos de algum tipo de empreendedorismo. Seja levando um negócio próprio ou investindo em nosso próprio desenvolvimento para fazer a carreira decolar, somos empreendedores a partir do momento que idealizamos, construímos e gerenciamos algum projeto.

Em qual projeto você está trabalhando agora? A construção e solidificação de uma marca pessoal? A captação de investimentos para tirar do papel aquela grande ideia que você teve? O planejamento de uma empresa? Qualquer que seja o processo no qual você se insere neste momento, é natural querer que tudo saia do jeito que você imaginou. Controle absoluto para que nada saia errado. Correto? Talvez…

O perfeccionismo pode até ser encarado como uma forma de buscar crescimento constante, mas pode ser uma grande armadilha. Essa vontade de exercer controle sobre tudo é uma forma de minimizar riscos e falhas? É. Mas isso pode atrasar você e até fazer com que alguns planos nunca se concretizem.

Afinal, você prefere que algo seja perfeito – correndo o risco de nunca acontecer – ou… feito?

Esse dilema ocupa grande espaço nos pensamentos de muitos de nossos clientes. A busca pela perfeição não é tão incomum assim, mas, de acordo com o que nossos coachees relatam nas sessões, pode ser bastante prejudicial.

Durante as sessões de coaching, eles têm insights bastante interessantes sobre o tema. Um excelente exemplo é que feito é melhor que perfeito, como propusemos na reflexão mais acima. Pense da seguinte forma: se você ainda não determinou qual mídia é mais eficaz para divulgar o seu produto ou serviço, vai simplesmente deixar de promovê-lo?

E quando você se depara com algum obstáculo? Será que qualquer probleminha realmente compromete todo o projeto? Talvez cada erro, cada dificuldade seja uma oportunidade para repensar o que você está fazendo e, em vez de desistir, tentar de novo com outra abordagem. Estimule a sua criatividade!

Você confia nos outros? Uma cliente nova estava com um grande projeto sob sua responsabilidade, mas como era muito importante, ela não confiava em ninguém além dela própria para realizar o trabalho. Devido ao porte do desafio, ela não estava dando conta. Ao longo do processo de coaching ela encontrou formas para acreditar mais no desempenho de sua equipe e começou a delegar tarefas, distribuir o peso. Ao abrir mão da perfeição que havia imaginado e permitido que outras pessoas pudessem contribuir, as coisas começaram a dar certo.

E aí? Você prefere ser perfeccionista ou entregar bons resultados para crescer na sua vida profissional? Para se desenvolver, faça como nossos clientes e conte com o apoio dos coaches Salada Corporativa! Fale conosco e saiba mais.

Sorry, there are no polls available at the moment.
Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print