Voltar

Sou trainee, e agora?

De universitário a trainee

Descubra como realizar os sonhos e esperanças para a sua carreira enquanto ainda é trainee.

Você escolheu a carreira dos seus sonhos, estudou para o vestibular, entrou em uma boa universidade, passou anos estudando, finalmente tem um diploma e agora está participando daquele programa de trainee para entrar na empresa que você sempre sonhou em trabalhar. Até aí, tudo certo, não é mesmo? O problema começa quando você percebe que nem tudo são flores, especialmente no mundo do trabalho, e que a empresa onde você busca uma vaga pode mostrar ser um pouco diferente daquilo que você pensava.

Mas e aí? O que fazer? Não perca as esperanças! Se você se decepcionou com uma empresa, pode apostar que há outra por aí que deve se encaixar no que você procura. É tudo uma questão de saber se organizar, fazer uma pesquisa bastante abrangente sobre potenciais empregadores e se destacar dos demais tanto na hora de se candidatar quanto no processo seletivo.

Em uma pesquisa para traçar o perfil dos recém-formados que estão participando de processos seletivos para programas de trainee, a revista Você S/A apontou que há duas pretensões de carreira quase empatadas: abrir um negócio próprio e ser presidente de uma grande empresa. Assim como os entrevistados, você também sonha alto e almeja grandes conquistas para a sua vida? Ser trainee em uma companhia que aproxime você desses objetivos é um excelente passo na direção do futuro que você deseja.

Para isso você vai precisar de um currículo bem estruturado e um portfólio que chame a atenção. E aí, você sabe atrair os holofotes para si? E nas dinâmicas de grupo e entrevistas individuais? Consegue se sair bem e demonstrar carisma e competência? Mesmo assim, algumas empresas podem ainda demorar para dar algum feedback ou simplesmente nem entram mais em contato… Você sabe lidar com situações assim?

E a ansiedade durante o processo? Ninguém é de ferro e ficar nervoso é normal. Qual será o segredo para manter a calma diante de um painel com diretores e presidentes de empresas? Ou em uma dinâmica de grupo, com tantos talentos diferentes e vontade de colaborar para o crescimento da marca?

Uau! É tanta coisa para pensar durante essa etapa da vida. Tantos sentimentos para lidar também… Qual é a melhor forma de gerenciar isso tudo? Você tem alguma dica? Nós temos. Quer saber como o Salada Corporativa pode ajudar você nessa fase tão importante da sua vida? Então fique de olho no blog e nas redes sociais! O caderno Boa Chance, do jornal carioca O Globo, já aprovou a nossa novidade!

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print