Voltar

Ajudar para crescer

Ajudar para crescer

Sabia que ajudar os outros pode impulsionar a sua carreira?

Todo mundo quer crescer e entende bem a importância de saber a quem pedir apoio, mas você sabia que a melhor forma de ir mais longe é, ao contrário de pedir ajuda, oferecê-la? Vamos analisar a situação de forma simples: imagine que você tem um cargo de alta gerência em uma empresa e precisa promover alguém. Você daria a vaga para aquele funcionário que pede favores o tempo todo e não faz nada sozinho ou para aquele que, além de executar suas tarefas, busca formas de dar aquela mãozinha para o crescimento dos outros e da marca como um todo? A resposta parece óbvia, não é?

Ora, então para crescer eu preciso me desdobrar para fazer todas as minhas atribuições e ainda resolver os problemas dos outros? Calma, não é bem por aí. Você deve, sim, cumprir todas as suas tarefas e, se quiser crescer, mostrar que pode ir além – entretanto, se estiver se sentindo sobrecarregado, é preciso expressar isso para que se possa chegar a uma solução. Assumindo que você não esteja sufocado de tanto trabalho e consiga realizar suas funções em tempo útil, que tal tentar também dar uma adiantada nas coisas e até dar uma ajudinha para aquele colega que está atolado? Não, você não precisa pegar para si os problemas alheios, mas pequenas coisas podem fazer toda a diferença. Um olhar externo (o seu), uma nova forma de pensar, pode ser o que faltava para superar alguma dificuldade.

Quando você faz algo que esteja além do seu conjunto de tarefas para ajudar algum colega, um projeto ou a empresa, você é bem visto, ganha respeito e admiração e, pode apostar, será um nome recomendado para novos projetos e posições. A base de desenvolvimento de uma companhia marca é a coletividade e quem trabalha em prol dela tende a conquistar mais confiança.

Cuidado para não esperar retorno imediato! Não é porque você ajudou aquele colega a terminar o relatório no prazo que ele vai bradar aos quatro ventos que você devia ser promovido. Existe todo um processo de construção que faz com que as pessoas lhe enxerguem como alguém capaz de ir além, de dar o suporte necessário, de ser um líder. Mas isso leva tempo. E é fundamental também lembrar que por mais que uma pessoa tenha respeito e deseje o seu sucesso, muito provavelmente ela pensará primeiro em si mesma. Ser paciente é importante.

Quer saber como você pode ajudar os outros de maneira simples, sem grandes interferências no sue próprio trabalho? Então fique de olho no Salada!

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print