Voltar

Amor e carreira: como conciliar?

Amor e carreira como conciliar

Arte: Luan Dutra

Hoje é celebrado em todo o Brasil o Dia dos Namorados. Os restaurantes vão ficar lotados e os floristas terão um dos dias mais lucrativos do ano. Mas ao mesmo tempo em que casais apaixonados comemoram a data e a aproveitam para renovar os votos de amor e carinho, tem muita gente por aí que está sozinha… E é bastante comum ouvir por aí aquele famoso “estou focando na minha carreira”.

Mas, afinal, será que investir na carreira e trabalhar pelo sucesso profissional requer tantos sacrifícios na vida a dois a ponto de algumas pessoas não conseguirem equilibrar ou mesmo optarem por ficar sozinhas?

Não dá para precisar a resposta. O equilíbrio entre vida amorosa e profissional depende da carreira e do tipo de pessoa com quem se relaciona. O ideal é encontrar alguém com uma rotina parecida, de forma a conciliar o tempo e dedicação que um vai ter pelo outro, além da compreensão em eventuais casos em que o trabalho possa interferir na relação.

Ter a compreensão e, se possível, acompanhamento do parceiro no mundo dos negócios é ótimo, mas melhor ainda é ter o estímulo da pessoa amada. Alguém que admire o que você faz e te impulsione a ir sempre além. E não é só para buscar alguém assim: haja como tal também!

Neste Dia dos Namorados, apaixone-se. Seja por alguém, seja por um novo hobbie, seja outra vez pela sua carreira. E lembre-se: antes de se apaixonar por qualquer coisa, é preciso amar a si mesmo – e ir em busca dos seus sonhos profissionais é uma ótima forma de se conhecer melhor e, consequentemente, se amar mais.

A equipe do Salada Corporativa deseja a todos um apaixonante e saboroso Dia dos Namorados!

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print