Voltar

NUNCA DESISTA DOS SEUS SONHOS

Vera Jacques

Vera Jacques carioca, psicóloga clínica graduada pela PUC-RJ. Pós-graduada em Sexualidade Humana pela UGF, especialista em Psicanálise e Hipnose Ericksoniana. Líder do Projeto Internacional de Auto Estima coordena grupos. Editou o livro “A Mulher e o espelho”.

[email protected]

Daniel ultimamente está perdendo o chão, estrelinhas aparecem diante de sua vista e enxerga listas na sua frente. Pensa estar enlouquecendo. Sente-se muito exigido na empresa em que trabalha. Todo dia tem a mesma tarefa. Sua cabeça borbulha de idéias, mas como colocá-las em prática sem abandonar o emprego.

Letícia tem um ataque de choro na minha frente e afirma que só sabe chorar no momento. Perdeu a alegria. Mora com os pais e está noiva. Planeja se casar e deveria estar feliz. MAS, mas…  Perdeu a motivação. Vê seus colegas sendo promovidos e ela não. Por que se acomodou?

Paulo por brincadeira fez um concurso para uma empresa forte no mercado. E’ engenheiro. Como poderia recusar? Decepcionado está com seu trabalho. Não é nada do que sonhou. Não consegue colocar suas idéias. Ninguém o escuta. Possui um bom plano de saúde e trouxe sua mulher para o Rio. O que fazer?

Marília é uma advogada autônoma. Está cansada de trabalhar num escritório que não a reconhece. Pretende fazer um concurso. Tem medo de não passar. Assim, faz de conta que estuda porque a justificativa para o não conseguir será, que estava muito atarefada no escritório. No entanto para acordar todos os dias é um verdadeiro sacrifício. Óculos escuros escondem suas lágrimas quando caminha pelas ruas em direção ao Fórum. Qualquer dia queimo todos estes papéis!!! É seu desejo.

Poderia dar mais exemplos de jovens entre 20 e 40 anos que rapidamente ascenderam em suas carreiras e agora não sabem para onde ir. Todos, sem exceção, estão em conflito. Alguns tomam antidepressivos acreditando que precisam agüentar aquela situação. Não se dão conta de que a insatisfação que se torna frustração-raiva-depressão é um caminho para a mudança.

Todos, segundo o psicólogo Moacyr Mendes de Morais especializado em antroposofia que utiliza os Contos de Fadas para exemplificar o comportamento humano, estão querendo sair do estado da Bela Adormecida.

Continuar com talentos e potenciais adormecidos ou assumir riscos e perseguir seus sonhos? Deixar de lado suas pseudo-seguranças ou o que dizer para pais, companheiros, amigos e principalmente para si pesa muito na hora da decisão?

A matéria “Semana da Geração Y” editada no domingo no O Globo afirma; “São poucos os pais que incentivam os filhos a empreenderem. A maioria prefere que sigam uma carreira estável.”

_ Entre em contato com seu desejo, afirmo eu. Só você sabe sobre você. E afinal de contas de quem é a vida?

_ Eu perdi meu desejo. O que desejo? Não é só ganhar dinheiro…

Depois de algum tempo de psicoterapia, alguns levam mais tempo, outros menos – todos querem uma resposta imediata – eles desabrocham tal qual a Bela Adormecida. O beijo não foi dado pelo príncipe nem princesa. Foi por eles mesmos. Recuperaram seus desejos. Seus sonhos.

Daniel saiu da empresa e está feliz em seu novo trabalho, é autônomo e pretende em breve montar sua empresa. Letícia trocou de empresa e agora viaja num cargo de gerente e ela se espanta porque seu noivo não a abandonou. Pelo contrário. Também fez o mesmo movimento e cresceu na empresa que estava. Paulo ainda não saiu da empresa (teria que pagar uma multa), mas aproveitará para juntar dinheiro e no futuro montar seu negócio. Enquanto isto fará cursos no que pretende abrir. Sua esposa terminará sua faculdade. Marília está se dedicando aos estudos para passar nos concursos.

Só faltaria terminar dizendo: “E Todos Foram Felizes para Sempre”.

Mas, prefiro dizer que todos continuarão a ter conflitos e problemas. Esta é a primeira fase. Quando o psicólogo é procurado existe a possibilidade de resolver o conflito interno propiciando a elaboração do mesmo.

Qual o trabalho do profissional?

  1. identificar ansiedades e medos conscientes e  inconscientes.
  2. identificar desejos conscientes e inconscientes.
  3. mostrar que é necessário aceitar  ansiedades, medos e desejos.
  4. distinguir potencialidades reais das ideais.
  5. adequar o ideal ao real.

Este movimento propicia uma escolha mais consciente e equilibrada e maior segurança na hora da decisão. E maior possibilidade de satisfação no seu dia a dia.

Vera Jacques

[email protected]

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print

1 Comentário

bom dia o meu sonho e levar os meus produtos para fora fazer uma exelente mesa para monstrar os meus produtos.ter o meu proprio buffet ,fazer festas ,cogueteis,eventos etc…voces tao digas paras as pessoas gue guerem abrir o proprio negocio.sera gue esta certo ou errado o meu comentario.um abraço e muito obrigada pela atençao.