Voltar

Ajuste seus horários à sua personalidade

Ajuste seus horários à sua personalidade

Trabalhar respeitando os horários que você funciona melhor é uma chave para a produtividade.

Entrar no trabalho às 09:00. Almoçar às 13:00. Sair às 18:00. Isso se você não ficar ainda mais tempo… Mas será que precisa mesmo? Você pode até cumprir sua jornada de horas semanais à risca, mas qual é a necessidade disso? Esse tempo é bem aproveitado?

Para por um minuto, avalie a sua atual posição no mercado e responda com sinceridade: você recebe pela qualidade do seu trabalho ou pelo tempo que passa nele?

É possível produzir mais em menos tempo. Dessa forma, você pode adquirir mais experiência, fortalecer seu currículo e ganhar reconhecimento. É comum que boa parte do tempo que alguém passe no escritório seja desperdiçada em redes sociais, acessando sites que pouco ou nada têm a ver com o trabalho ou mesmo dando um pulo na cozinha para um café ou dois, três, quatro… Por que as pessoas enrolam?

De acordo com uma cliente que atendemos esta semana, com base em suas próprias vivências, observações e relatos de colegas, as pessoas enrolam para fazer o dia render. Ela acredita que as empresas pagam pelo tempo dos funcionários, e não necessariamente pelos seus resultados. Entregar essa ou aquela tarefa fora do prazo não chega a ser um pecado, mas chegar atrasado ou mesmo pedir um dia de folga é motivo de preocupação e espanto.

Ora, você acha que isso está certo?

Nessa mesma sessão de coaching, ela teve um insight interessante: de que faz sentido ser paga pelo seu tempo, sim, mas que o papel que desempenha é ainda mais valioso. Por isso ela decidiu que ia conversar com os gestores e propor um sistema de horários mais flexíveis, permitindo que tanto ela quanto os colegas se dedicassem a outras atividades.

Em compensação, ela se comprometeu a elaborar um sistema de metas. Em vez de pensar “hoje preciso trabalhar X horas”, começou a orientar o pensamento para a estipulação de metas a serem batidas a curto, médio e longo prazo, tendo sempre pelo menos um objetivo por dia.

O que você acha desse sistema? É funcional para você? E como você acredita que seus superiores reagiriam a tal proposta?

Quais benefícios e desvantagens você enxerga nessa nova forma de trabalhar? Será que é mais eficiente?

Para entender ao máximo como você se sente a respeito dessas e outras ideias e descobrir como estruturar seus pensamentos em planos de ação e desenvolvimento, você pode contar com nosso apoio através do Programa Salada Corporativa de Coaching de Carreira. Entre em contato conosco e saiba mais.

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print