Voltar

Aprenda a pedir ajuda

Aprenda a pedir ajuda

Pedir ajuda não é sinal de fraqueza, mas de determinação.

Você já deve ter cansado de ouvir por aí que contar com a ajuda de outras pessoas é essencial para chegar ao sucesso, mas como fazer isso? Para começar, tenha em mente que se você não pedir, a resposta sempre será negativa. Mesmo assim, a maioria treme na base quando pensa em buscar assistência ou aconselhamento. Por que isso? Medo de incomodar os outros? De demonstrar vulnerabilidade? Pois adivinhe… Todos somos vulneráveis em um aspecto ou outro. E você realmente acha que é um incômodo ser tomado como referência em determinada questão? Desde que não haja exagero, isso pode ser considerado um tremendo elogio!

Se você não tem lá muita habilidade para pedir ajuda, não precisa esquentar a cabeça! Nós ensinamos o que fazer.

Primeiro você deve aprender a confiar nas pessoas. Tire da cabeça essa ideia de que ninguém vai fazer do jeito certo ou tão bem quanto você. Está tendo dificuldades aqui ou ali? Converse com alguém que já passou por isso ou possa, de alguma forma, te auxiliar. Confie!

Use e abuse do seu networking. O melhor que você pode fazer para aproveitar sua rede de contatos é ajudar os outros, mostrar o que você tem a acrescentar no caminho deles para o sucesso. Pode acreditar, as pessoas gostam de retribuir quem já as ajudou.

Peça duas vezes. Sabia que uma pesquisa da Universidade de Stanford indicou que as pessoas têm mais propensão a dizer sim da segunda vez, mesmo que tenham recusado da primeira? Isso acontece porque um sentimento de culpa pode fazer o indivíduo se arrepender e considerar dar um “sim” da próxima vez.

Também tem que saber quando não pedir duas vezes. Cuidado para não parecer alguém chato e insistente. Evite pedir o mesmo favor duas vezes e tenha o bom senso de saber recuar.

Pratique o desapego ao “não”. Se você estiver com uma resposta negativa na cabeça, deixe-a ir. Dessa forma será mais fácil reunir coragem para continuar em busca de ajuda. Pediu e não conseguiu? Tudo bem. Siga em frente.

Ofereça algo em troca. Lembra quando falamos que as pessoas gostam de retribuir? Elas também gostam de ser retribuídas. Basta perguntar o que você pode fazer em troca que já estará demonstrando gratidão e reciprocidade.

E você? Tem algum conselho para facilitar na hora de pedir ajuda? Conte para a gente!

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print