Voltar

Como fazer o cliente pagar mais?

Como fazer o cliente pagar mais?

Saiba como aumentar seus preços sem afugentar os clientes.

Você acha que sua empresa está cobrando barato demais em relação ao mercado? Não entende como aquela marca concorrente consegue ter tantos clientes mesmo tendo preços tão altos? Bom, para entender isso, você precisa primeiro compreender como funciona o consumidor. Para isso, olhe para si mesmo. Quando você vai fazer alguma compra, se preocupa apenas em pagar pelo produto ou serviço mais barato ou a qualidade, o atendimento, a localização, a eficiência e uma série de outros fatores também são levados em consideração? Pois é. Nem tudo é calculado apenas com base no dinheiro.

Mas então o que se pode fazer para elevar os rendimentos da empresa sem que os clientes abandonem a marca? Preste atenção nas dicas a seguir!

Facilite a compra. Ninguém gosta de complicações, especialmente na hora de comprar um produto ou contratar um serviço. Torne o ato de comprar o mais prático e rápido possível. Evite burocracia e deixe bem claras as condições de pagamento, por exemplo. Essas pequenas adaptações tornam a compra mais agradável e seus clientes estarão dispostos a desembolsar um pouco a mais por isso.

Entregue rápido. Você vende pela internet, para outras cidades ou mesmo tem serviço de delivery? Então descubra o que fazer para que o produto comprado chegue mais rápido ao cliente. Um dia antes do prazo combinado já faz com que o consumidor se sinta satisfeito e perceba que a marca se preocupa com ele. Pode apostar que por um serviço desses ele não vai se importar de pagar mais caro.

Tenha um diferencial. Você já comprou alguma coisa que nem sabia se seria útil ou não para você só porque era diferente da maioria? Isso é bastante comum. Diferencie seu produto ou serviço dos demais e, além de poder aumentar o valor dele, terá mais procura.

Agregue status. Muita gente por aí compra ou contrata alguma coisa só por acreditar que isso, de alguma forma, eleva seu status – seja em termos culturais, sociais, intelectuais ou simplesmente financeiros. Construa uma marca forte e seu lucro vai aumentar.

Se tiver manutenção, que seja barata. Seu produto ou serviço tem algum custo ou taxa de manutenção? Porque ninguém gosta muito de ficar pagando periodicamente para manter algo em bom estado. Pelo contrário, o ideal para a grande maioria das pessoas é pagar uma única vez por algo que será sempre bom. Então se o que você oferece aos clientes tiver algum custo durante o período de uso, cuide para que seja o mais baixo possível.

Tenha compaixão. Trate cada cliente como um membro da família e resolva seus problemas sempre com eficiência, boa vontade e um sorriso sincero no rosto. A indiferença da empresa pode deixar os consumidores com raiva e até ódio da marca, enquanto um serviço bem prestado faz com que eles fiquem felizes em pagar mais caro.

Procure ter pouca diferença de preço. Se o seu produto ou serviço não for tão mais caro assim que o do concorrente, ninguém vai se importar em pagar. O problema começa se a diferença for muito grande. Aí, sim, um alarme vai apitar na cabeça do consumidor.

Seja amigo. Você prefere ir a uma padaria desconhecida ou em uma que o padeiro sabe seu nome e até se você prefere o pão mais branquinho ou moreninho? Mostre que conhece o cliente e construa um relacionamento com ele. Fazer negócios com amigos é mais prazeroso que com completos estranhos.

Faça o cliente querer mais que negócios. Pode ter certeza: uma pessoa vai pagar mais caro por um produto ou serviço se quiser trabalhar na empresa que o oferece, fazer networking ou simplesmente visitar a sua loja porque ela é bonita e toca música boa. Descubra o que é importante para o consumidor e mexa com isso.

Busque clientes em expansão. Se você trabalha atendendo empresas, vá atrás daquelas que estão crescendo. Elas têm pressa e provavelmente não vão ligar muito para detalhes como diferença de preço entre a sua marca e a concorrente. Invista em fazer uma boa apresentação e em construir um relacionamento de confiança que as vendas serão suas.

Você tem alguma dica para aumentar seus preços e manter os consumidores felizes? Conte para a gente!

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print