Coaching

As nossas soluções de coaching apóiam as necessidades de crescimento e de reposicionamento de empreendedores, líderes e profissionais, tão recorrentes em tempos de mudanças cada vez mais velozes e complexas.

Colaboração é a base dos Programas Argumentare de Coaching e guia o relacionamento e a contribuição do Coach, do Gestor, da área de Recursos Humanos e do Cliente, alinhando o trabalho às estratégias da organização.

Programas Argumentare de Coaching:

  • Coaching para Liderança – executivos e gestores ;
  • Coaching para Empreendedores – start ups e empresas de alto impacto;
  • Coaching para Gestão da Mudança – gestores e membros de projetos;
  • Coaching e Mentoria para gestores de Recursos Humanos;
  • Coaching de Equipes – objetivo de trabalho compartilhado;
  • Coaching de Grupos – objetivo de desenvolvimento comum.

Razões para contratar:

  • Processo de reflexão para altos executivos ou empreendedores sobre os desafios que enfrentam e como ampliar seu impacto e contribuição;

  • Preparação para uma transição de carreira como promoção, atuação em Conselho de Administração, reflexão de carreira na aposentadoria etc;

  • Necessidade de mudança da mentalidade ou ampliação de competências de liderança para atender às transformações da organização;

  • Ampliação da inteligência emocional na gestão de pessoas e para atuar em redes de colaboração;

  • Acelerar a integração em um processo de chegada à organização ou a uma nova nova função;

  • Desenvolvimento de pontos mapeados pela realização de assessment;

  • Alavancagem do desempenho individual ou de equipes de trabalho;

  • Propiciar a ampliação do horizonte profissional e estimular o protagonismo na gestão da carreira.

Nossa abordagem:

Método próprio baseado no coaching de resultados. Três grandes fases e seis etapas ajudam a guiar o caminho de desenvolvimento que será percorrido de forma singular respeitando a dinâmica e as particularidades de cada cliente e organização.

A 1ª fase – PROPÓSITO – contempla o entendimento das necessidades do cliente, a reflexão sobre o futuro desejado, o mapeamento da situação atual, recursos e ambiente. A tônica desta fase é o alinhamento dos objetivos do trabalho e das bases para um relacionamento de confiança, produtivo e criativo.

Na fase AÇÃO ocorre a exploração de alternativas relacionadas às necessidades e aspirações do cliente e da organização. Investiga-se possibilidades e cenários preferenciais, pontos a serem desenvolvidos são endereçados com a identificação de ações práticas que vão orientar o crescimento e aproximar o cliente da perspectiva de futuro desejado.

MUDANÇA, é a última fase do processo e contempla conversas de estímulo e apoio para transformar plano em realidade, de forma a viabilizar sua visão de futuro. Execução, obstáculos, contingência, outras oportunidades, transformação e aprendizado, marcam a dinâmica dessa fase.

Em nossa relação de coaches temos profissionais com formação de excelência, membros da International Coach Federation (ICF),  líderes com experiência, acadêmicos e consultores.

Os Programas Argumentare de Coaching para clientes individuais e para grupos estão disponíveis presencialmente ou à distância. O Programa Argumentare de Coaching de Equipe é entregue presencialmente. 

Desenhamos o programa e as condições a partir do entendimento da necessidade da sua organização e do perfil do cliente de coaching garantindo o alinhamento entre os objetivos do programa e às estratégias da sua empresa.

Perguntas Frequentes

Com a entrada na era exponencial, o foco principal deixou de ser o “produto / serviço” e colocou em evidência o “cliente / usuário”.

O estilo comando e controle perdeu definitivamente espaço, abrindo caminho para uma liderança orientada por propósito, colaboração e pelo engajamento de pessoas com pensamentos, competências, contribuições e preferências diversos.

Fez-se necessário complementar a abordagem de desenvolvimento com ênfase no coletivo e no aporte conceitual com uma que contemplasse a realidade individual, capaz de endereçar de forma customizada aquilo que cada pessoa precisa desenvolver diante das escolhas e dos desafios que vivencia.

O trabalho de coaching teve ampla difusão por responder a essa necessidade, por ser um processo de desenvolvimento centrado no indivíduo, capaz de apoiar a ampliação de possibilidades e a melhor tomada de decisão em uma sociedade nada óbvia e muito menos linear.
Por não ser uma atividade regulamentada, ser multidisciplinar e não oferecer barreiras de entrada importantes é relativamente fácil ingressar na profissão, por isso, há grande variabilidade no perfil e no portfólio de serviços dos coaches. Diante de tanta oferta, é natural ter dúvidas na hora da contratação.

É recomendável a definição do objetivo com o coaching: Ampliar impacto e contribuição? Mudança de comportamento? Alavancagem do desempenho? Desenvolvimento de competências socioemocionais? Preparação para uma transição? Integração? Outros?

Para o processo de escolha, considere avaliar: qualidade da formação, principal nicho de atuação, grau de conhecimento do segmento, experiência prática como coach, histórico e referências profissionais, como se mantém atualizado e se participa de alguma organização profissional de coaching, ferramentas utilizadas, processo de trabalho e como esclarece os limites da sua atuação e dos demais envolvidos - cliente, gestor e RH.

Conheça diferentes propostas, compare alternativas e apresente mais de uma opção de profissional para o cliente para aumentar sua chance de escolher o coach que melhor atende a demanda da organização e às necessidades de desenvolvimento do cliente.
Coach: Assumir o papel de facilitador do processo e não o de negociador das questões entre cliente, gestor e RH; fornecer base metodológica e processo de trabalho; respeitar os objetivos de desenvolvimento acordados; alternar apoio e desafio sendo empático com o cliente; respeitar a confidencialidade e a conduta ética da profissão.

Cliente: Assumir o papel de protagonista no processo; adotar uma postura positiva diante de novas perspectivas, possibilidades e comportamentos; investir o tempo necessário, em quantidade e qualidade, para gerar situações de desenvolvimento; compartilhar a evolução do seu desenvolvimento; pedir feedback.

Gestor: Alinhar expectativas com o cliente; gerar oportunidades reais para o desenvolvimento dos comportamentos acordados; assumir o papel de patrocinador do processo, acompanhando e oferecendo apoio durante todas as suas etapas; dar e pedir feedback.

RH: Alinhar as demandas da organização; zelar pela integridade de todo o processo; ser o ponto focal do relacionamento entre o coach e a organização; oferecer apoio e feedback para gestor e cliente.