Voltar

O que é feedback e para que serve?

Com certeza você pensa que sabe o que é feedback. Na tradução mais simples, encontramos a palavra “comentário” e este deve se referir a alguma situação do cotidiano. Entendemos que feedback é um retorno sobre alguma situação, evento ou mesmo atitude isolada. Porém, a pergunta chave que todos deveriam fazer não é “o que é feedback” mas sim “o que fazer com esse feedback?

A essência do feedback é receber algo parecido com uma resposta, no entanto, usar essa informação para crescer como pessoa e profissional. Quando recebemos sinal verde dos nossos colegas ou mesmo superiores, é natural que seja fácil de aceitar. Mas, e quando o retorno não é positivo?

É esse o assunto da conversa de hoje.

A importância do feedback

Um retorno sobre algo que aconteceu ou de acordo com o desenrolar dos trabalhos jamais pode ser um fim em si mesmo. De que adianta saber que algo não está funcionando como deveria se nada é feito para corrigir?

Em um mundo globalizado e de ampla concorrência, o que há de mais importante é a diferenciação dos produtos e serviços. É assim que geramos valor aos nossos clientes ou à empresa que contratou nossos conhecimentos e habilidades. Seja no terreno pessoal ou profissional, não importa. A diferenciação é importante.

E você sabe o que está diretamente ligado ao fator diferenciação? A sua capacidade de fazer algo ainda melhor. Por isso, o feedback é fundamental. Como saber se você está no caminho certo? Como saber o que é possível melhorar no cotidiano de trabalho?

Nem sempre é fácil ouvir um feedback que sugere um ajuste, ou mesmo dar esse feedback para a outra pessoa. Por isso, hoje trago dicas para essas duas situações.

Como dar um feedback?

Ao dar o seu feedback a alguém, principalmente nos casos em que a pessoa precisa melhorar algo, tenha certeza que está sendo claro na sua mensagem. A sua linguagem deve proporcionar que a pessoa entenda, reflita sobre o que foi repassado e faça algo para melhorar.

Tenha o cuidado de fornecer esse feedback o momento mais próximo possível daquilo que você presenciou e tenha a responsabilidade de comunicar de forma eficiente.

Leia também: Por que trabalhar em colaboração?

Recebendo um feedback

Quando você recebe um feedback que não é necessariamente dos mais positivos, ou seja, recebeu a informação de que algo deve ser ajustado, chegou o momento de refletir. Fique tranquilo, você não é obrigado a concordar com o que foi passado a você.

Pergunte a si mesmo: faz sentido o que me foi repassado? Em que isso contribui para que eu melhore como pessoa e profissional? Quando a crítica ou sugestão não faz sentido, talvez você não precise mudar na sua essência. A maneira como você age ou como você comunica pode ser aperfeiçoada por meio desse feedback.

Aproveite essa oportunidade para aprimorar o que você tem de mais valioso: seus diferenciais como pessoa e profissional!

Espero que este artigo tenha ajudado você a entender o que é feedback. Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal do YouTube.

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInGoogle+PinterestWhatsAppEmail
print