Como vencer o Medo de Mudar
Voltar

Como vencer o medo de mudar?

Você não sabe como vencer o medo de mudar? É normal esse sentimento quando o profissional detecta a necessidade de dar novos rumos à sua carreira, porém, tem dificuldades em deixar para trás a posição que já conhece.

Não é por acaso que tantas pessoas estejam insatisfeitas com a sua carreira atualmente. Porém, de acordo com estudos, pelo menos 25% desses profissionais não conseguem vencer o medo de mudar e acabam engolidos pela zona de conforto, acreditando que sempre estiveram certos em nunca fazer nada diferente.

Sentir medo diante do novo é um sentimento frequente e que muitas vezes impede que a pessoa faça escolhas insensatas. O segredo é saber identificar quando o medo é paralisante e impede que a pessoa siga evoluindo.

Além disso, elencar as fontes de medo também é fundamental. Vou listar neste artigo três das mais frequentes.

1. Dificuldade de escolher

É comum que o profissional saiba que o atual modelo de trabalho não serve mais para ele. No entanto, como saber qual rumo tomar?

Existem tantas atividades profissionais, maneiras de se relacionar com o trabalho e novas profissões que são bastante recentes. Assim, o profissional pode ter medo não apenas de fazer a sua escolha, mas também de escolher mal e ter um arrependimento daquilo que está deixando para trás.

Assim, o profissional pode saber que está insatisfeito com o trabalho atual, mas diante de tantas possibilidades sente medo de escolher apenas uma e perseguir a mudança errada.

2. Apego com o passado

Conforme o profissional acumula experiências em forma de títulos, referências, cursos e muitos conhecimentos. Esse acúmulo de bagagem é consequência da caminhada.

Porém, pode ser que a pessoa tenha dificuldades em abrir espaço para o novo depois que fica experiente. A sensação é que muito esforço e investimento foi deixado para trás. A pergunta que fica é:

E agora? O que vem depois de tudo isso?

3. Avaliação do outro

Como os outros vão reagir diante da sua nova escolha? Quanto mais inusitado for o seu objetivo profissional, mais difícil pode ser para quem te cerca assimilar e compreender a sua decisão.

Isso é comum ao mencionar suas conclusões para a família e para os amigos. Em alguns casos, eles podem ficar preocupados com você. Às vezes, é excesso de zelo. Às vezes, é uma falta de valorização pela nova atividade que você escolheu.

Eu mesma passei por isso há cerca de oito anos, quando deixei meu cargo de executiva em uma multinacional para empreender. Sei o quanto essa reação contrária é desestimulante e alimenta o medo de mudar.

Na verdade, eu vivi na pele esses três medos genuínos que listei. Os medos pareciam vultos sob meus ombros, dando a sensação de que eu não daria conta de todas essas mudanças que desejava para minha carreira.

Como enfrentar o medo de mudar?

Cada profissional tem a sua forma de vencer o medo de mudar. O mais importante é reconhecer esses medos e colocá-los em xeque. Quando evitamos confrontar nossas próprias sombras, o risco de continuar trabalhando em projetos que não trazem felicidade é alto.

Quem deseja afastar o tédio e a insatisfação precisa assumir uma posição. Invista na sua autoconfiança! Você é capaz e não deve duvidar disso. Um trabalho com propósito é possível e falo mais sobre o assunto neste artigo.

Espero que meu artigo ajude você a vencer o medo de mudar. Para saber mais, assista ao vídeo abaixo e aproveite para se inscrever em meu canal.


Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInGoogle+PinterestWhatsAppEmail
print