Voltar

Encontre o melhor investimento para o seu negócio

Encontre o melhor investimento para o seu negócio

Qual tipo de investidor é o melhor para tirar a sua ideia do papel?

Que o empreendedorismo têm crescido cada vez mais no Brasil você já sabe. Apesar das dificuldades, muitas pessoas – talvez você seja uma – reúnem a coragem e determinação necessária para estudar e desenvolver suas ideias e estruturar um plano de negócios para criar sua marca, deixar sua contribuição para o mundo.

Entretanto, sabemos que dinheiro não cai do céu, e é preciso ter algum capital para dar início à concretização do sonho de abrir um negócio próprio, de ser seu próprio chefe. Então de onde sai o aporte dos novos empreendedores brasileiros?

Há um leque de opções de investimento que se pode buscar. Então é fácil, não é? Não. Antes de correr atrás de uma pessoa ou mesmo outra marca que esteja interessada em apostar no seu crescimento e financiar a sua ideia, é preciso compreender justamente quais são os tipos de investimento que formam esse catálogo de escolhas para, então, encontrar o que faz mais sentido para você e o seu plano. Essa é uma dúvida muito comum entre nossos clientes do Programa Salada Corporativa de Coaching para Empreendedores e compreender os caminhos que se pode seguir na hora de buscar investidores é um fator que pode facilitar a jornada.

Investidor anjo. Esse tipo de investidor não veio do céu para te guiar, mas em termos financeiros é um excelente aliado. Ele pode fornecer o aporte para seu negócio no momento de validação, ou seja, aquela fase em que você ainda não testou ou mesmo desenvolveu seu produto ou serviço e usa o dinheiro justamente para viabilizar seu desenvolvimento e experimentação no mercado.

Fundos de investimentos. Neste caso, o empreendedor já deve ter sua ideia desenvolvida e em prática, o negócio devidamente validado. Essa validação se dá geralmente pela avaliação das vendas. Assim se estabelece por contrato um acordo de metas com o investidor e a verba é liberada por partes cada vez que algum novo objetivo é alcançado.

Clubes de investimentos. Do inglês “investment clubs”, essa forma de investimento se assemelha à famosa “vaquinha”. Acontece quando um investidor aciona seus contatos para que eles também invistam no negócio que você empreende.

Financiamento coletivo. Esse também é como se fosse uma “vaquinha”, mas os investidores são justamente seus possíveis clientes e admiradores da ideia. Em sites como o Catarse você cadastra seu projeto, estabelece uma meta financeira para começar o trabalho e cria algumas “cotas de patrocínio”. É comum que cada cota dê à pessoa que investiu nela alguma bonificação. Geralmente os empreendedores agradecem dando aos investidores seu produto, desconto no serviço, brindes, descontos e, dependendo do caso, até mesmo aulas e treinamentos.

E aí? Você já sabe qual tipo de investimento pode funcionar melhor para o seu negócio? Para definir qual é o ideal para a sua ideia e construir um planejamento que vai alavancar você e sua marca para o sucesso, fale conosco e conheça o Programa Salada Corporativa de Coaching para Empreendedores.

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print