Voltar

O novo emprego não é o que você esperava?

O novo emprego não é o que você esperava

Conseguiu aquela vaga que você tanto queria, mas descobriu que ela não é o que você esperava? Calma, a gente te ajuda a lidar com essa situação.

Imagine o seguinte cenário…

Você construiu um bom currículo e portfólio, acionou as suas conexões, passou por entrevistas, dinâmicas de grupo, provas e, depois de todo esse processo, conseguiu uma vaga na empresa que gostaria de trabalhar. Mas dentro dela, você percebeu que as coisas não eram exatamente o que você esperava, causando uma sensação de desconforto, de insatisfação.

Isso já aconteceu com você? Essa questão é bastante comum entre nossos clientes e eles têm que lidar com escolhas como continuar no atual emprego – mesmo sem ser aquilo que esperavam – ou buscar uma nova recolocação. Mas vamos por partes… O que será que pode ter acontecido de errado para que a vaga na empresa dos sonhos se tornasse um pesadelo?

Primeiro é preciso entender que é comum que empresas promovam uma imagem de que são ótimos lugares para trabalhar, o que as ajuda a captar colaboradores. Marcas renomadas também podem tirar algum proveito de seu poder imagético na hora de recrutar novos funcionários. Isso significa que as empresas mentem? Não, de forma alguma. Mas na hora de procurar novos talentos para contratar, elas só vão mostrar seus lados bons. Ou seja, você deve ter ciência de que a forma como uma empresa se apresenta dificilmente é seu todo. Prontifique-se para lidar com as mais diversas situações.

Nos primeiros dias você pode ter alguma dificuldade para se relacionar com a cultura da empresa. É natural que isso aconteça. Mas se a falta de identificação persistir além do período inicial, pode ser bom reavaliar a situação. Seus valores e o da marca estão alinhados? A forma de realizar ações rotineiras te agrada? Se a resposta para essas e outras perguntas semelhantes for “não”, talvez a empresa realmente não seja a certa para você e uma recolocação profissional pode vir a calhar.

E falando em ações rotineiras, todo serviço tem alguma parte menos divertida e empolgante daquilo que se espera. É normal. Mas se tudo deixar você morrendo de tédio, ai é outra história – aquela de que talvez seja hora de buscar novos desafios.

Pressão demais? Poucas empresas não passam por períodos de pressão, mas antes de tomar alguma atitude, espere um pouco – pode ser, de fato, só uma fase. E se você tem muitos atritos com seu chefe? Fica a dica: antes de aceitar uma proposta, procure conhecer um pouco melhor a personalidade da pessoa que vai comandar você. Se vocês não tiverem afinidade o trabalho pode ser mais complicado para as duas partes.

Qualidade de vida é outro ponto importante que faz as pessoas repensarem suas posições no mercado de trabalho. O que é, para você, qualidade de vida? Responda essa pergunta e você saberá responder se a tem ou não – e, a partir daí, pode decidir se a empresa dos seus sonhos é realmente um sonho ou não.

Se o caso for de promessas não cumpridas, fale. Converse com seus superiores aquilo que fora prometido, os recursos que você precisa para fazer um bom trabalho. Se não chegarem a uma solução, voltamos à ideia de buscar novas oportunidades. E nisso a Salada Corporativa pode te ajudar.

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print