Voltar

Hécula 2008

Hécula 2008

O Hécula 2008, da Ibéria, harmoniza muito bem com uma boa carne vermelha grelhada.

Olá, amigas e amigos leitores do blog Salada Corporativa!

Após duas semana de férias estou de volta à minha coluna sobre vinho e hoje quero apresentar o Hécula 2008, vinho tinto espanhol produzido em Yecla pela Bodegas Castaño com 100% de uva Monastrell. Para ter uma ideia, Yecla é situada numa zona de transição entre a Meseta e o Mediterrâneo, na região de Murcia (Sul), rodeada por um anel de montanhas baixas e serras onde os vinhedos se situam em altitudes que oscilam entre 400 e 800 metros acima do nível do mar.

O clima de Yecla é mediterrâneo continental, com verões quentes de até 39 graus e invernos suaves, com chuvas mais abundantes na primavera e outono, frequentemente torrenciais. A área de cultivo se estende por todo o interior do município de Yecla, rodeada por quase 13.500 hectares de vinhedo.

O vinho tinto Hécula 2008 apresenta uma cor vermelho púrpura com reflexos violáceos. No nariz sentimos muito bem o toque de cacau, frutas negras maduras como mirtilo e amora, pão tostado e um pouco de especiarias. Na boca é de médio para encorpado, com um bom toque amadeirado (fica seis meses em barrica), mas que não cobre o aspecto frutado.

Eu diria que é um vinho equilibrado, fresco, fácil de se beber, apresentando também taninos redondos, mas sem grande complexidade, agradando muito no final.

Esta safra, de 2008, é bem falada por ter 91 pontos Robert Parker. Harmonize com uma boa carne vermelha grelhada, e como não é muito encorpado eu o provaria também com uma boa massa ao molho de tomate e carne.

Aqui abaixo o site da Bodegas Castaño, produtora do Hécula.

www.bodegascastano.com

Aproveite da dica e… Saúde a todos!

Fernando Burani

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print