Voltar

Rubem Braga: o fazendeiro do ar

Está em exposição no Museu da Língua Portuguesa até o dia 02 de setembro a mostra “Rubem Braga: o fazendeiro do ar”, que celebra o centenário do artista capixaba exibindo ao público textos, fotografias, documentos, cadernos de viagem e originais datilografados, correspondências, desenhos e quadros, vídeos e depoimentos, livros, revistas e outras publicações de autoria dele.

O material está organizado em módulos temáticos e interativos, de forma a levar os visitantes a mergulharem ao máximo no universo real e imaginário do escritor e cronista.

Quem traçou o percurso da exposição foi o jornalista Joaquim Ferreira dos Santos, que imergiu nos arquivos pessoais de Braga, guardados pela família do autor no Rio de Janeiro e no Espírito Santo, para coletar cada detalhe do que está exposto. O caminho começa nos anos felizes na terra natal e passam pelo cotidiano de uma redação jornalística, a missão como correspondente de guerra, a vida na cobertura que tinha em Ipanema e até sua paixão por pássaros e o encantamento pelas mulheres.

O Museu da Língua Portuguesa fica na Praça da Luz, capital paulista. As visitações acontecem de terça a domingo até o dia 02 de setembro, das 10h às 18h (até às 22h terças-feiras). Os ingressos custam R$ 6,00 e R$ 3,00 (meia). Aos sábados, a entrada é gratuita.

Rubem Braga: o fazendeiro do ar

Imagem: divulgação

Para mais informações, acesse: http://www.centenariorubembraga.com.br

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print