Voltar

Adobe adota sistema de assinaturas

AdobeEssa semana a Adobe, companhia dos Estados Unidos responsável por programas que hoje estão muito presentes em empresas por todo o globo, como o Photoshop e o InDesign, migrou seus serviços para um modelo de assinaturas. Esta evolução rompe com o tradicional esquema de uso dos softwares através da compra de licenças pelo usuário, que agora poderá optar por efetuar um pagamento mensal correspondente ao período que deseja utilizar os produtos da empresa.

Para entrar de vez neste segmento, a Adobe não permitirá mais que os usuários do modelo de licenças tenham acesso às versões mais atualizadas de seus produtos – apenas assinantes poderão instalar as melhorias disponibilizadas daqui para a frente. Para os assinantes, as atualizações serão gratuitas.

Inicialmente, a migração se dará em âmbito residencial, mas empresas poderão assinar os pacotes disponíveis em breve.

No novo formato, os assinantes não precisarão necessariamente ter os programas instalados em seus computadores, mas poderão acessá-los via internet. Mesmo instalado, só será possível utilizar se houver uma assinatura válida. De outra forma, o uso será bloqueado. É a chamada venda de softwares como serviço, caminho no qual a Adobe tem concentrado seus esforços.

Você usa algum dos produtos Adobe em sua empresa? O que acha da mudança? Prefere pagar e ter os programas o tempo todo ou contratar o tempo que precisar usar para cada trabalho?

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print