Voltar

Como enfrentar a escassez de talentos?

Foto: Mesa para 2

Foto: Mesa para 2

É uma das reclamações mais constante das empresas atualmente: não consigo um profissional que preencha os requisitos que realmente precisamos. Para piorara situação, muitas dessas empresas não conseguem manter os talentos que havia consigo contratar. O mundo corporativo está precisando de uma luz para uma gestão mais clara e transparente que consiga reter os talentos presentes nas organizações.

Não me venha com essa de que dinheiro resolve tudo. Nem sempre! Estamos falando de uma nova geração e esta quer mais do que aumento de salário. Com certeza ninguém recusará uma boa proposta de aumento, contudo isso pode não o estímulo necessário para manter este funcionário por muito tempo.

Vamos analisar por parte, pode ser?  Nem sempre as pessoas abandonam uma empresa atrás de salários maiores. Atenção se isso estiver em sua cabeça: salários altos podem ser bons para o empregador, mas será que é bom para o caixa de seu negócio? O fato é que todos, principalmente os jovens que estão ingressando no mercado de trabalho, são carregados de sonhos. Pode começar a se desfazer de que isso é lorota. O mundo é uma busca constante em realizações. Mesmo que isso significa um bom salário. Procure acompanhar, o mais próximo possível, o desenvolvimento e as aspirações e oferecer o melhor caminho para que o empregado sinta-se parte importante do trabalho. O líder e o liderado precisam ter um diálogo aberto para ambas às partes saiam beneficiadas com a construção de uma proposta que deve ser sempre personalizada. Afinal, todos são diferentes!!!

Foto: ReLLaciona

Foto: ReLLaciona

Sempre que uma empresa consegue alinhar sua equipe as estratégias desenhadas por seus líderes a soma dessas matrizes sempre será igual a grandes resultados. Observe por que muitas vezes queremos estar em empresas de grande destaque.  Elas alcançarem um patamar superior em diversos sentidos, mas o que deve chamar mais atenção é a satisfação daqueles que saem delas. Elas se tornaram o melhor lugar para trabalhar! Isso facilitará a atração de bons talentos porque as equipes realmente vestem a camisa da empresa. Essas corporações constituem de um ambiente saudável com valores e lideranças comprometidas e consequentemente possuem equipes com disposição para realizar e inovar.

Adquirindo uma visão de longo prazo, uma boa opção é ter um plano estratégico em educação corporativa.  Isso quando falamos de alta direção e dos conselhos administrativos.  Não há mais tempo e nem espaço para que as organizações improvisem ou façam mudanças repentinas.  Vamos valorizar a máxima de que santo de casa é quem faz milagre e se um plano de educação corporativa estiver fora dos planos à empresa pode trabalhar em parceria com escola e realizar grandes projetos que tenham objetividade e atualidade própria para seu negócio.

Outro momento importante é prestar atenção nas classes menos favorecidas onde a concentração de talentos é grande e sem muita exploração.  Nas periferias há milhões de jovens esperando uma oportunidade para aprender e trabalhar. Um detalhe relevante é que este jovens  são diferentes da geração y. Eles estão distantes das redes sociais e jogos eletrônicos. Entre eles é possível encontrar uma grande valorização pela vida e a conquista é celebrada a cada passo rumo ao sucesso. Por isso, sabe como ninguém como reconhecer quem os ajudou a evoluir.

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print