Voltar

Conectados, mas sem perder o foco

Imagem: My Bull Frog

Imagem: My Bull Frog

A tecnologia está revolucionando o mundo e criando uma nova forma de viver, trabalhar e se socializar. É um caminho sem volta, que está transformando de maneira definitiva as relações humanas. São inúmeros benefícios e facilidades proporcionados pela revolução que estamos vivendo, mas nenhuma grande mudança acontece sem efeitos colaterais.

Se por um lado a internet e os incontáveis aplicativos que usamos em nosso dia-a-dia representam um poderoso impulso na busca pela informação e mesmo produção de novos conhecimentos, por outro eles podem distrair e roubar o foco – especialmente as redes sociais. Ainda que seja importante se manter conectado para saber o que acontece no mundo, as reações de seus amigos e contatos profissionais e como adequar seu trabalho a tudo isso, dificilmente o acesso se restringirá a esse tipo de interação.

Não é culpa da tecnologia, mas de como ela é utilizada. Uma pessoa centrada usará essa revolução a favor de seu desenvolvimento pessoal e profissional, mas alguém que costume procrastinar apenas amplificará esse comportamento, impactando negativamente diversas áreas de sua vida.

Com escritórios cada vez mais flexíveis em termos de horário, home office e acesso a redes sociais, como evitar que esse novo cenário trabalhista prejudique a produtividade e os rendimentos da empresa? Há dicas simples que, se aplicadas à rotina da organização, podem otimizar os resultados e mesmo aumentar a satisfação pessoal dos colaboradores. Proponha essas ideias, discuta com os funcionários como melhor adequá-las à corporação e, depois, é só colher os frutos por ter semeado um alinhamento saudável ao cotidiano do trabalho.

Gerencie o tempo. Estipule quantas vezes e por quantos minutos cada um deve acessar emails, redes sociais e domínios virtuais que não necessariamente tenham a ver com o que quer que se esteja fazendo. É preciso disciplinar a mente para assumir essa atitude, que permite se manter conectado sem deixar de lado as tarefas do cargo. Determine também um tempo médio para realizar cada tarefa e tente cumprir esses prazos. Assim você se acostumará a agilizar seu serviço sem perder a qualidade.

Dê uma volta. Pode não parecer, mas muita gente para uns minutos para navegar pela internet e checar os aplicativos em seu smartphone para descansar um pouco do trabalho. O problema é que se perde a noção do tempo. Para esfriar a cabeça do serviço, levante, alongue-se, tome um café, olhe pela janela… Tirar cinco minutos para se afastar de sua estação de trabalho pode fazer toda a diferença e até aumentar o rendimento. O importante é evitar acessar distrações.

Consuma menos. Redes sociais, aplicativos, contas de email… Todos são produtos que de uma forma ou outra você compra, seja pagando com dinheiro ou com alguns de seus dados. E todos também são uma poderosa fonte de distração. A melhor forma de evitá-los é simplesmente não tê-los. Antes de fazer um novo cadastro ou download, avalie as vantagens e desvantagens e decida se realmente precisa/deseja do que quer que pretenda consumir – as mesmas regras usadas para fazer qualquer compra.

Resista. A curiosidade matou o gato e os resultados também! Tenha força de vontade para manter distância de seus perfis e timelines. Um bom conselho é desativar as notificações. Se você não souber que há uma, não vai sentir necessidade de conferir o que é. Não se preocupe! Passar algumas horas desconectado não vai fazer nenhum asteroide entrar em rota de colisão com a Terra.

Faça uma coisa de cada vez. Vivemos na era da multitarefa, mas é de conhecimento geral que o que é produzido em massa tem menos qualidade que aquilo que é feito individualmente, com todo o cuidado e atenção merecidos. Estipule uma lista de prioridades e faça cada coisa a seu tempo. A filosofia do “tudo ao mesmo tempo agora” é muito bonita na teoria… Mas só na teoria mesmo.

Você tem mais dicas de como se manter produtivo em meio a tantas tecnologias? Compartilhe com a gente nos comentários!

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print