Voltar

Sem horário de verão, mas com economia de energia

Imagem: Máquinas e Cia.

Imagem: Máquinas e Cia.

O carnaval acabou e, junto com os dias de folia, chega ao fim também o horário de verão. Adotado em 1985, ele é uma alternativa inteligente para economizar energia, fazendo com que os dias sejam mais longos e as noites, mais curtas – diminuindo, assim, a necessidade do uso de iluminação artificial.

Na meia-noite de sábado (16) para domingo (17), entretanto, este período chegará ao fim. Mas como fazer para manter a economia de energia na sua empresa? A maior dica de todas é aproveitar a luz do sol enquanto ela estiver presente. Apague as luzes e abra as cortinas. Além da iluminação natural não pesar no caixa, o próprio ambiente fica mais leve – o que pode ajudar seus colaboradores a terem um rendimento melhor.

Outra dica eficaz é substituir as lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes ou de LED. Elas consomem muito menos energia, aliviando o bolso e sendo benéficas inclusive para o meio ambiente. Mais que economizar, este é um passo importante para que sua empresa seja cada vez mais sustentável.

Para aproveitar ainda mais a iluminação, seja ela natural ou artificial, pinte as paredes com cores claras. Elas refletem a luz, fazendo com que sejam necessárias menos lâmpadas para iluminar o ambiente.

Além disso, procure deixar aparelhos elétricos e eletrônicos fora da tomada quando não estiverem sendo utilizados. O “stand by” está por trás de um desperdício que pode parecer pequeno, mas chega a 12% do consumo de uma casa. Em uma empresa, este número pode ser ainda maior. Se um fio está ligado na tomada, há energia elétrica passando – e isso faz o relógio do medidor girar. Em caso de períodos em que a empresa fique vazia por alguns dias, vale a pena até desligar a chave geral.

Os produtos brasileiros trazem consigo a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (Ence), aplicadas pelo Inmetro através do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE). A Ence classifica aparelhos elétricos e eletrônicos de acordo com sua eficiência energética, que pode ir de A (os mais eficientes, que consomem menos energia e conservam mais) a G (os menos eficientes, que consomem mais energia e conservam menos). Busque ter em sua empresa aparelhos com as melhores classificações.

São atitudes pequenas, mas que fazem a diferença e proporcionam números mais satisfatórios nos resultados. Cada centavo economizado em energia deve ser valorizado. Então não se esqueça: na meia-noite de sábado para domingo os relógios devem ser atrasados em uma hora. A noite passará a chegar mais rápido, mas mesmo assim é possível economizar.

E você? Tem usado sabiamente a energia elétrica da sua empresa?

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print