Voltar

A difícil tarefa de retornar o ritmo de trabalho após as férias

As férias nem terminaram para alguns colaboradores, mas as empresas já começam a se preocupar com o término delas. Isto tudo porque esta é uma etapa complicada para a corporação que, de acordo com 58% dos diretores de RH do Brasil, alguns profissionais levam até dois dias para voltar à rotina normal, mas 29% dizem que podem levar de 3 a 4 dias. Isso foi o que apontou uma pesquisa global da Robert Half, empresa de recrutamento especializado, realizada com 1.777 diretores de RH de 15 países.

Mundialmente, a média de 74% dos entrevistados revela que o ritmo normal de rendimento é recuperado em até dois dias, enquanto no Brasil o índice cai para 58%. Em casos mais extremos, 11% registraram que os funcionários demoram até uma semana.

As empresas brasileiras acabam tendo a produtividade comprometida, uma vez que, mesmo delegando a divisão das tarefas com os funcionários que permanecem em atividade, 28% acabam perdendo os prazos. Um em cada cinco diretores de RH no Brasil apontam que os projetos são colocados em espera nestas situações, mesmo com 5% destes diretores admitindo contratar profissionais temporários.

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print