Voltar

Empreendedorismo e Criatividade

Estou aqui para falar sobre empreendedorismo. Eu sei que cada vez mais o Brasil vive e respira esse momento empreendedor e que muitas iniciativas estão surgindo como forma de aproveitar ao máximo do momento que estamos vivendo. O empreendedorismo está invadindo todas as esferas da vida pública e finalmente chegou para ficar na vida de cidadãos comuns. Mas existe no meio desse turbilhão todo uma figura que desponta e traz algo diferente para essa cena. Estou falando do empreendedor criativo.

Se pararmos para pensar, definir quem é ou não empreendedor já é uma tarefa complicada. Podemos pensar no comerciante da rua 25 de março em São Paulo e dizer, aí está um empreendedor que faz acontecer. Podemos até pensar em um lavrador do Nordeste que saiu do campo para montar sua própria rede de varejo, dando uma lição bem brasileira do que significa empreender. Se adicionarmos o fator criatividade nesse meio aí pode complicar ainda mais. Afinal, o que é um empreendedor criativo? Nas próximas linhas assumirei o desafio de tentar defini-lo.

Todo empreendedor tem um sonho, e faz o impossível para que esse sonho se torne realidade. O empreendedor criativo não segue seu sonho apenas para fazer sentido para si próprio, mas sim para deixar um legado. Esse legado é o resultado de sua criatividade, e deve ser algo portanto, inovador. Já que estamos falando aqui no Salada Corporativa, porque não dizer que esse empreendedor acrescenta um tempero a mais resolver um problema ou atender a uma necessidade do cliente, um Sazon que cativa o cliente ao mesmo tempo que gera impacto no mercado em que atua. Sim, esse empreendedor faz barulho, inova, ousa, erra bastante, mas no final o que se vê é um resultado eficaz e que agrega mais valor à sua empresa e ao mercado que atua como um todo.

O verdadeiro empreendedor criativo faz sua criatividade transbordar para sua equipe e cria assim uma cultura criativa e inovadora em sua empresa. Ele inspira todos a sua volta, sua história de vida muitas vezes é dramática e cheia de superação. Em pequenos negócios, o empreendedor consegue mais facilmente transmitir essa capacidade de inovação para a sua equipe pela proximidade que tem com cada um de seus colaboradores. O grande desafio de uma empresa que cresce é manter essa cultura criativa, mesmo com o aumento de pessoal e com o maior número de projetos. Nesse contexto essa figura empreendedora deve inspirar

Todos têm a capacidade de serem criativos, mas existem pessoas que ousam mais e transformam essa criatividade. Um empreendedor criativo deve estar a frente de seu tempo, deve antecipar tendências, criar novos mercados e assim garantir a competitividade do seu negócio.

O governo brasileiro e o mercado estão se tornando conscientes do fato que não irão atingir competitividade no mercado externo ao aumentar sua capacidade de produção industrial e agrícola. Dessa forma apenas acompanharão o desenvolvimento global. Quem realmente tornará a economia do país competitiva são os empreendedores criativos. Por isso há diversas oportunidades se abrindo para eles, como o programa de aceleração na Experimental. Acreditamos no potencial de empreendedores criativos e queremos acelerar o crescimento de seus bons negócios. Caso queiram saber mais sobre o que podemos fazer por esses empreendedores, acessem o site oficial clicando AQUI.

Vamos promover a Economia Criativa e as pessoas que nela atuam. O empreendedor precisa ser conhecido, precisa inspirar e inovar e mais, precisa fazer acontecer.

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print