Voltar

Sarney, A Biografia

Ainda não li esse livro e confesso que não sei se vou ler, mas a manchete publicada nessa manhã de domingo no jornal O Globo chamou minha atenção: “No diário de Sarney, a culpa foi sempre dos outros”.

Com um título assim, eu tinha que ler a matéria escrita por Maria Lima e Diana Fernandes, certo?

Isso acontece diariamente na rotina das empresas e nas nossas vidas. Lógico que mesmo que de forma inconsciente, todos nós já fizemos isso. Acontece. Às vezes acreditamos tanto em alguma coisa que ficamos meio “cegos” em relação a todas as outras e não conseguimos ver que erramos ou podíamos ter evitado um erro, natural.

Mas, me refiro aqui àqueles que, sistematicamente, fazem isso, aos que têm o ego e a ambição tão acima de tudo e de todos que nunca (eu disse nunca) conseguem enxergar que erraram e, pior, não podem conviver com a idéia de reconhecer um erro.  Há, ainda, aqueles profissionais que fazem isso de forma planejada com a intenção de deixar o outro em maus lençóis. Eu já vi… você já viu…

Eu repito, não li o livro e, portanto, não posso afirmar, mas se realmente, na sua versão, a culpa foi SEMPRE dos outros, talvez fosse mais elegante e mais inteligente escrever um livro com um título mais ou menos assim: “O que eu gostaria de ter aprendido ANTES de Governar o Brasil”.

Sei lá…

Gostou da dica e deseja comprar o livro?

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print