Voltar

Blocos no Carnaval de Rua do RJ

Silvana Andrade

Silvana Andrade é administradora com especialização em recursos humanos e mestrado em Projetos Sociais e Bens Culturais pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e doutoranda da FGV.

Silvana fantasiada de Gueixa e The Simpsons

Nossa autora carnavalesca preparou uma seleção pessoal para você curtir o que há de melhor nos blocos do Rio de Janeiro. Para a Silvana, esses blocos ilustram o melhor do carnaval de rua por que:

  • Tocam boa música
  • São frequentados por gente que realmente aprecia brincar o velho e bom “carnaval”
  • O grande barato é que tratam o quesito fantasia muito a sério

Confira, abaixo, a lista especial sugerida pela Silvana, use e abuse da criatividade para caprichar na fantasia e se jogue no Carnaval de rua do Rio de Janeiro!

Ah! E se beber não dirija!

BLOCOACESSOO QUE VOCÊ VAI VER POR LÁ
Céu na TerraData: 05/03 – Sábado
Horário: 07 h da manhã
Local: Curvelo – Santa Teresa
Aproveitando a última linha de bonde da cidade, bloco Céu na Terra resgata brilhantemente o Bonde da Folia dos anos 40. O bloco segue de bondinho do Curvelo até o Largo das Neves. O bonde vai devagarinho, não é difícil acompanhar.
O bloco canta marchinhas tradicionais de carnaval e composições próprias. Desfila com bonecos gigantes, perna de pau e todo mundo fantasiado pelas ladeiras de Santa Teresa. Nem pense em ir no bloco sem se fantasiar.
Este ano o som vem ainda mais caprichado. O sopro será reforçado, incluindo até um naipe de sanfonas!
SassaricandoData: 05/03 – Sábado
Horário: 14h
Local: Glória – Em frente ao Hotel Glória e
a Cabeça do Getúlio
Bloco do espetáculo teatral Sassaricando que fez grande sucesso em palcos cariocas. Um luxo só ter Eduardo Dussek, Pedro Paulo Malta, Pedro Miranda e companhia fazendo um grande baile de carnaval ao ar livre. No repertório estão as mais clássicas marchinhas de carnaval. O bloco rodará em volta da agradável Praça do Russel.
Promete ser também uma boa pedida para crianças, já que mesmo que fique lotado em volta do carro de som, sempre terá espaço na praça para os pequenos brincarem.
Cordão do BoitatáData: 06/03 – Domingo
Horário: 8h da manhã
Local: Centro – Praça XV
“O cordão se concentra em frente à sua sede na Rua do Mercado no Centro. A partir das 8h da manhã sai pelas ruas do Centro sem carro de som, com músicos tocando marchinhas com instrumentos de sopro e percussão. O bloco circulará pelos casarios Rio Antigo até a Praça XV, onde haverá um palco com som aplificado.
A partir das 11h rola um grande baile. O legal do baile é que além das marchinhas mais conhecidas que o pessoal canta junto, dá para tocar um repertório mais variado incluindo sambas antigos e frevos de Capiba.
Nem pense em ir sem estar fantasiado, pois esse é um dos grandes charmes do cordão. Quase 100% dos foliões desfila com fantasias caprichadas e bem-humoradas. A criançada comparece em peso.
Rancho
Flor do Sereno
Data: 07/03 – Segunda
Horário: 18h
Local: Copacabana – Av. Atlântica, posto 6, enfrente ao  Bip Bip/Hotel Debret.
O Rancho Flor do Sereno não desfilará, mas a Orquestra Típica Flor do Sereno, sob a regência de Pedro Aragão, fará um grande baile ao ar livre no calçadão. No repertório se destacam estilos musicais que pareciam fadados ao esquecimento: além de marchas-rancho e marchinhas, terá maxixes, polcas, choro e gafieira. Música de primeiríssima no meio da rua. Se prepare para dançar bastante. No aspecto musical, é a melhor opção do carnaval carioca.
Musicalmente, o Rancho foi uma das últimas grandes novidades do carnaval carioca.
Rio MaracatuData: 08/03 – Terça
Horário:16h
Local: Arpoador
Segundo desfile do Rio Maracatu, agora na praia de Ipanema. Já tem música na concentração de onde o bloco segue em cortejo cantando toadas de algumas Nações de Recife/PE até a altura do Posto 9, onde termina a festa com uma pequena apresentação do Bloco Show do Rio Maracatu e convidados, cantando maracatus, sambas, cocos e cirandas.
Orquestra
Voadora
Data: 08/03 – Terça
Horário: 15h
Local: Jardins do MAM, desfilando pelo Aterro do Flamengo
Inspirada nas brass bands do Leste Europeu, a Orquestra Voadora faz uma versão brasuca e eclética misturando de Tim Maia a Michael Jackson. A combinação de percussão e sopros é animadíssima e o grupo tem uma pegada da pesada.

Fonte: www.samba-choro.com.br

Fantasias nos Blocos do Rio, por Silvana Andrade

Blocos no Carnaval do Rio, por Silvana Andrade

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print

17 Comentários

Sil,
lendo você senti muita vontade de me aventurar pelos blocos do Rio (espero que você tenha noção do tamanho do elogio que isso representa…). Só fiquei um pouco tensa com a parte que fala que “só otário pra pensar em ir ao bloco sem se fantasiar”. Essa citação me lembrou o Ciro Gomes na época do Corsa… Mas aí já é papo para outro samba.

Adoro o blog e, principalmente, te ler por aqui.

beijos,
Flávia

Entendo bem o elogio e concordo muito com a parte do “otário”. Como mencionei nos créditos, grande parte do texto é do pessoal do “samba-choro”. Nesse quesito…e somente nesse quesito, eu não concordo com eles. Portanto, vamos deixar o “otário” de lado e viva o carnaval carioca!

Beijos

Mas nada que supere os Simpsons. Eles estão demais!

Deixe um pouco SP e venha passar o carnaval conosco.

Beijos

Sil, que linda gueixa você ficou!
Anotei as dicas e vou aproveitar para recomendar o Quizomba (Quizomba aê! Quizomba aê! Quizomba aê!). Na terça, dia 08, às 9h, em frente à sede do bloco, no Circo Voador.
Quizomba na África é dança, é festa, é alegria… precisa dizer mais?!
Bóóóóra?!?

Obrigada por mais uma dica, Andrea!
Com essa descrição, fica difícil não querer conhecer o Quizomba.
Já coloquei na minha agenda carnavalesca.

Beijos

Adorei as dicas, vou repassá-las para minha garotada. Para mim ,acho que só o Rancho.

Vc. está liindinha de gueixa.

bjs.,
Ana Christina

Obrigada, querida.

Não deixe de ir no Rancho. É muito bom.

Beijos

Claro! Vou adorar.
Agora você já tem o meu itinerário, é só ligar e aparecer.

Beijos

Esqueceu de falar do Vade Retro, o bloco de artistas plásticos cariocas q desfila de costas. Sai do Arpoadro e vai até o Posto 9. Mais q isso, ninguém aguenta pq há muitos tombos dos passistas.

Esse eu ainda não conheço, mas no mínimo é espirituoso.

Beijos

Sinceramente, bloco bom para mim é aquele que sai em outra cidade. De preferência bem longe. Acho um absurdo o RJ parar porque as ruas estão entupidas de blocos e o transito não anda. Ao meu ver, em 99% dos casos, nos blocos temos homens bebendo em excesso e exclusivamente em busca de prazeres imediatos. Pior, as mulheres em 98% dos casos também bebem e usam a rua como banheiro, sem falar no fato de que saem de casa em busca de sexo carnavalesco. Parecem gatas no CIO e atacam com uma voracidade de surpreender mesmo os mais moderninhos. Gosto das 3 coisas, diversão, bebida e sexo, mas no carnaval do RJ os 3 são vazios e sem poesia. Só mesmo para os hedonistas fúteis ou solitários desesperados.

Ola Anti-carnaval,
seu comentário mostra o quanto o feriado de carnaval é eclético, foliões que curtem e esperam o ano todo por esses dias e outras pessoas que preferem ficar de longe, muito longe.
Há sim muitos problemas com as grandes festas de rua que juntam multidões, é verdade. Mas acredito que também há, no Rio, opções que não são vazias e sem poesia.
Falo do carnaval cheio de tradição, os pequenos blocos que tocam marchinhas, que as pessoas saem fantasiadas, em horários e locais fora do circuito “aglomeração”. Quem sabe não vale a pena conhecer?
Abraço, Claudia Klein

Sil,
mais um carnaval que faço uso de suas recomendações para a escolha dos melhores (quase impossível pois todos são maravilhosos) blocos para desfrutar as marchinhas que, em muitos momentos, nos fazem (ou me faz) sentir saudade até mesmo de uma época da qual, infelizmente, não fiz parte.
Já posso imaginar seu sorriso sarcástico e debochado com a seguinte frase em mente: ” tinha que ser a Mary e seu saudosismo tradicional” .
Mas esse é um dos motivos pelos quais a amo, conheces meu jeito melancólico e ainda atura!!!
Bjs e obrigada por mais um carnaval !!

Que comentário lindo, amiga.
Amo muito você. Obrigada pela amizade de tantos anos.
Com certeza, ainda vamos ter muitos carnavais juntos pela frente.

Bjs