Voltar

Aulas, Livros e Insônia-Faltam 21 Dias!

Entre os diversos e-mails e telefonemas que recebi durante o dia, um deles trouxe uma especial notícia: a confirmação de que eu ministraria duas disciplinas em uma das universidades que vinha “concersando”. Excelente notícia!

Livros e mais livros

Já contei para vocês que dar aulas é uma das atividades que decidi me dedicar dentro dessa nova fase profissional, e com essa confirmação agora são três as  universidades que vou atuar como professora convidada. Mais uma meta batida!

Meu interesse em dar aulas vem dede que eu era pequena, meu pai, um auto-didata e sempre estudante, me ensinou o gosto pelos livros, pelo estudo, pela busca incessante de sempre aprender algo novo. Ele era professor e até hoje lembro do cheiro de álcool espalhado pela casa quando ele reproduzia as cópias das provas usando o “mimeógrafo“.

Explico aos pertencentes à Geração Y, até os anos 80 o mimeógrafo cumpria o papel que hoje é das máquinas computadorizadas, reproduzir, em grande escala, cópias de textos, documentos etc. Hoje é peça de museu, ou melhor, digamos que seja vintage.

Lembro da dedicação do meu pai em ensinar, atividade que na verdade ele começou em casa, com minha irmã e eu como alunas, seu “método” para nos ensinar era muito prático. Nossos presentes em datas comemorativas quase sempre eram livros, de edições e encadernações especiais, verdadeiras jóias. Brincávamos com livros, convivíamos no meio de livros e víamos ele comprar livros e mais livros. Crescemos com interesse pelas palavras, por aprender, então, dar aulas era para mim um caminho natural. Obrigada meu pai!

Mimeógrafo

O que mais gosto em dar aulas é que mais aprendo do que ensino. Pois é, ao tentar compartilhar o pouco que sei, abro uma janela para aprender um pouco do que cada um dos alunos sabe, e tudo isso somado se transforma em muito. Natural, então, que dentro dessa busca por atividades que estejam mais relacionadas a conteúdo e a apoiar o outro, dar aulas tenha recebido um papel de destaque. Então, a notícia da manhã me proporcionou um dia radiante.

Noite de sexta-feira, noite de Globo Repórter. O programa dessa noite fala da importância da qualidade do sono que ajuda a evitar o ganho de peso e facilita o aprendizado. Opa! Grudei na televisão. De repente me dou conta que a insônia que vinha me acompanhando no último ano e me fazia perambular pela casa desde às três da manhã, desapareceu. É verdade! Tenho dormido muito bem, acordado muito bem e, pelo menos por ora, o stress vem desaparecendo da minha rotina.

Bye bye stress

Compartilhe
FacebookTwitterLinkedInPinterestWhatsAppEmail
print

4 Comentários

Claudia,
Dar aula é realmente muito bom! e vicía, rsrsr. O que mais me encanta no dar aulas é a possibilidade de mudar a realidade do outro. E mudar pra melhor.
Beth

Olá Beth,
que bom que uma, também, apaixonada por lecionar veio nos visitar! Concordo com você, a cada vez que alunos e professor estao juntos, a realidade que se tinha antes sobre um determinado assunto, tem grande chance de mudar…e mudar para melhor, como voce mesma disse. Obrigada! Claudia

Claudia Klein,
Tenho acompanhado seus posts que têm sido bastante inspiradores. Parabéns! Venha dar aula no MBA em RH da UVA!
Abraço,
Fernanda

Olá Fernanda, obrigada pelo feedback! Eu ja dei uma aula na UVA no MBD de mkt, fui convidada pela professora Fabiola Palo. Gostei bastante!
Abraco, claudia